quarta-feira, 28 de junho de 2017

A mais bela das novidades!

Para quem não tem possibilidade de nos acompanhar no facebook, talvez não saiba ainda da mais recente e maravilhosa novidade.

O João Galamba - um fotógrafo português há alguns anos em Timor - com o coração do tamanho do mundo que tem, doou-nos os direitos de autor referentes ao livro fotográfico intitulado "Timor-Leste à Luz do Sol Nascente", da sua autoria.


E quando me faltam palavras para descrever estes atos de pura generosidade, apenas me resta dizer que este dinheiro irá enriquecer o nosso porquinho destinado à construção do novo edifício que irá albergar a sala dos 5 anos e o ATL... O sonho está tão perto que já quase o sentimos...

O livro pode ser adquirido pela Wook, na Fnac, Bertrand, Almedina ou até mesmo no Churrasco Anual do G.A.S.Porto que terá lugar já ESTE SÁBADO, 1 de julho, no Liceu Francês (Rua Gil Eanes, 27), a partir das 19 h.

domingo, 14 de maio de 2017

O tempo é deles!

Domingo passado foi dia de reencontros... A equipa esteve reunida novamente com imensas novidades para partilhar!



À medida que o tempo passa são cada vez menos os problemas que me pedem para resolver e isso é um excelente sinal! É sinal de que a Casa Aberta funciona cada vez melhor sem a minha presença. 

E é também devido a isso que as nossas reuniões passam cada vez mais por uma conversa à mesa do que propriamente por uma reunião formal.


A notícia que me deixou extremamente orgulhosa foi o facto de as três professoras do Jardim Infantil terem passado no exame que lhes deu acesso ao curso de formação de docentes do INFORDEPE (Instituto Nacional de Formação de Docentes e Profissionais da Educação). Isto significa que, nos próximos três anos, as três professoras terão formação intensiva na UNTL em Díli e que, se completarem os três anos com distinção, passarão a ser professoras permanentes, o que representa uma estabilidade maior a todos os níveis. O mérito é todo delas! 

Apesar de ser uma excelente notícia, este curso poderá implicar algumas alterações no funcionamento d'As Sementinhas, mas fico-me por aqui enquanto aguardo algumas confirmações.


O professor Mouzinho, além de já ser professor permanente, não está incluído no grupo, dado que o ATL não faz parte do programa do Ministério da Educação. Mas eu admiro este homem e espero que continue muitos anos connosco. Como já referi num post anterior, o quadro do ATL foi feito por iniciativa dele a custo zero. Isto só pode ser amor à nossa causa.




Aliás, ao longo dos anos tenho notado o desenvolvimento deste espírito de iniciativa em qualquer um dos membros da nossa equipa. Nunca deixam de me surpreender! Seja a D. Lúcia com o seu quadro de atividades diárias feito por ela própria...




Ou a Lourença e a Mafalda com o seu sistema de organização de documentos...



Ou até mesmo a elaboração cuidada do plano de refeições semanal...



Há já algum tempo que deixei de ver se "o boneco A está no sítio X" e o "poster B está torto ou direito". Hoje só tenho olhos para as maravilhas que eles os 4, sozinhos, vão fazendo. A sala pode não estar arrumada como estava "no meu tempo", mas hoje durmo muito mais tranquila, porque o "tempo é deles". 

terça-feira, 11 de abril de 2017

Nunca parados apesar do silêncio

Apesar de termos andado um pouco silenciosos, não paramos de trabalhar.

As nossas sementinhas entraram de férias de Páscoa na passada sexta-feira... As professoras é que não...


Como é habitual, este período de férias escolares é usado para capacitação pelo Ministério da Educação. Esta semana estão a fazer um curso de língua portuguesa, no final do qual serão submetidas a um exame. A partir do dia 20 irão participar numa formação sobre elaboração de planos de sessão.

O próprio ISMAIK de Aileu tem andado muito ativo com um novo projeto de apoio a vítimas de violência doméstica e do qual também estamos a beneficiar com a reabilitação da conduta de água que alimenta não só o ISMAIK como também a escola.


terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Tudo sobre rodas...

Começámos na semana passada o 9.º ano letivo da Casa Aberta. Foi a semana de receção às 26 novas sementinhas que iremos acompanhar nos próximos dois anos. Segundo a D.ª Lúcia, apenas 5 ainda choram... Esta é a semana mais difícil do ano. O ATL também já está em funcionamento, com o Prof. Mouzinho a liderar a sala de aula. No meio de muita chuva e, por conseguinte, alguns problemas ao nível das infraestruturas (como já é sabido!), os trabalhos já decorrem com toda a normalidade.


Desejamos um bom ano a todos e, em especial, à nossa Casa Aberta.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Fim do 8.º ano letivo

Encerrámos no final do mês de novembro o 8.º ano letivo d'As Sementinhas. É verdade, o OITAVO! Mais um grupo d'As Sementinhas que vai ingressar, no início do próximo ano, a 1.ª classe. Sentimos orgulho destas nossas sementes que, munidas da sua cartola como verdadeiros finalistas, receberam o seu certificado de conclusão do pré-escolar e a pasta com os trabalhos que fizeram ao longo do ano.
As que ficam preparam-se agora para iniciar o novo ano já em janeiro. Estaremos de férias neste mês de dezembro, mas em breve terão notícias nossas.



Aproveito ainda a ocasião para agradecer ao Helder Azevedo, um português veterano de Timor, que gentilmente nos cedeu uma impressora. Estamos em dívida, mas de coração cheio por sentirmos que não estamos sozinhos.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Há dias que surpreendem

Há dias que surpreendem. Estão a ver este quadro?

O Prof. Mouzinho queixou-se que o quadro do ATL era demasiado pequeno... e era verdade!
Eu comecei a fazer as contas à vida, principalmente depois de termos tido a despesa com a porta nova, mas... Eis que tive uma surpresa...


Este quadro que aqui veem foi feito pelo próprio  Prof. Mouzinho. É nestas pequenas coisas que percebemos que estamos todos a trabalhar em sintonia e que todos os professores percebem aquilo que se quer para a Casa Aberta.


quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Mais um desafio vencido

Esta semana temos novidades:

Até ao mês passado, a porta do nosso ATL estava neste estado miserável, literalmente a cair de podre:


Esta semana, embora tenhamos a esperança de que um dia conseguiremos melhores condições para as nossas crianças (que seja para breve, pelo menos!), a Mafalda e a Lúcia fizeram magia e hoje temos esta magnífica porta, localmente produzida:



Das necessidades mais urgentes que temos ainda por resolver é a impressora que, após 10 anos, precisa de uma substituição rápida. Se algum dos nossos amigos de Timor, que nos esteja a ler, tiver uma impressora para vender/doar, não se esqueça de nós!

Entretanto a nossa Lourença ainda não retomou o trabalho - apesar de terem terminado os 3 meses de licença de maternidade - por estar com malária. Desejamos votos de saúde à nossa querida Lourença.